Sabia que uma alimentação colorida também ajuda a cuidar da saúde ?

Além de uma alimentação com produtos biológicos é fundamental que esta tenha cores, aromas e sabores variados.  Quanto mais variada a dieta melhor! ‘ A gama cromática das diferentes frutas, legumes e cereais indica a presença de fitonutrientes (fitoquímicos), que são substâncias presentes nas plantas, que não sendo nutrientes,  contribuem para potencializar processos anti-inflamatórios, são antioxidantes e fortalecem as defesas’

Um prato colorido é mais apelativo comprovando a expressão ‘comemos com os olhos’ mas uma dieta diversificada, não só apela aos sentidos, como oferece mais diversidade de nutrientes. Ao que sabemos, precisamos de todos eles. “A pigmentação dos alimentos não só lhes dá uma certa cor, mas também indica a presença de micronutrientes como vitaminas, minerais ou uma ampla gama de fitonutrientes .

Pigmentos indicativos da presença de certos fitonutrientes encontram-se nos vegetais e frutas, mas também nos cereais, leguminosas, sementes, grãos, especiarias e outros grupos de alimentos com uma palete de cores. Mas este colorido, como sabemos, não é igual ao longo do ano! Cada vegetal tem a sua estação de amadurecimento, então também podemos dizer que as estações oferecem sua própria gama cromática. Por exemplo no verão, os nossos pratos estão cheios de  vermelho e roxo,  temos os  tomates, beringelas, pimentas, morangos, melancias, cerejas, figos, uvas.

Os benefícios de cada cor, têm sido objeto de estudos . Os vermelhos, por exemplo, indicam a presença de licopeno, um carotenoide que tem muito a ver com a saúde cardiovascular. Laranjas e verduras escuras indicam betacaroteno, protegendo assim a pele e o sistema respiratório. Os verdes têm propriedades purificadoras e fornecem clorofila, algo que ajuda a regular o colesterol ou a glicemia. Os brancos estão relacionados a imunidade e azuis e roxos são, acima de tudo, antocianinas, muito poderosas como antioxidantes e como estimulantes cerebrais, o que ajuda a manter uma boa saúde mental.’ Por outro lado, há  também estudos que indicam uma maior presença de fitonutrientes nos alimentos biológicos.

Para saber mais leia o artigo no link que se segue  e pergunte-se: Estarei a diversificar as cores dos meus pratos? Quais as refeições mais coloridas e as mais monocromáticas’?

Extraído e adaptado do artigo Mi Herbolario | Una dieta rica en color también ayuda a cuidar la salud.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PortugueseSpanishEnglish

Menu Principal