O que são resíduos orgânicos?

Chamamos de resíduos orgânicos a todos os elementos provenientes dos seres vivos, de natureza vegetal ou animal, que devem ser eliminados, no entanto, pela sua natureza, estão expostos a um processo de decomposição.

Estes resíduos podem contaminar o ambiente e serem portadores de doenças. Devem ser identificados e de acordo com a sua origem e natureza específica receber um tratamento especial de forma a eliminar ou evitar riscos desnecessários na sociedade.

Enquanto que alguns resíduos orgânicos podem ser reutilizados a fim de obter algum tipo de benefício, outros porém, de não devidamente tratado, podem ser altamente contaminantes.

De forma vantajosa, por exemplo, alguns resíduo após maior ou menor decomposição, são usados na alimentação animal, fornecem matéria orgânica e elementos nutritivos às culturas agroflorestais, através da produção de fertilizantes e produzem gás que pode ser utilizado como fonte de energia.

De forma negativa, quando elementos provenientes de organismos entram em contato com a água, o processo de fermentação segue seu curso da mesma maneira que num ambiente terrestre, como exceção de que em certas circunstâncias se consome o oxigénio existente na água. Na verdade, as bactérias em decomposição consomem oxigénio quando seu nível de contaminação é muito alto na vida aquática e se vê afetado com a morte de diferentes organismos que ali habitavam. No caso de sua decomposição final ser realizada na terra, está sempre presente a contaminação dos lençóis subterrâneos. Temos o exemplo dos estrumes em excesso e  ou mal compostados. É por isso que é extremamente importante controlar a gestão dos resíduos orgânicos.

Fonte: Resíduos Orgânicos – Conceito, e o que é

Sugestão de leitura

Práticas de Gestão da Matéria Orgânica nas Manchas de Solo de Reduzida Fertilidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PortugueseSpanishEnglish

Menu Principal