A Agricultura de Carbono

As atividades de agricultura, pecuária, silvicultura e usos semelhantes da terra são a origem de perto de um quarto total de emissões de gases de efeito estufa causadas pelo Homem.

A União Europeia propôs estratégias setoriais como a agricultura de carbono. Estas incluem  práticas de gestão agrícola que visam a manutenção das reservas de carbono nos solos, materiais e vegetação, bem como o uso correto da biomassa.

São práticas que visam uma melhor gestão do uso do solo e da criação animal em que se pretende:

  • promover a diversificação de agroecossistemas em parcelas e paisagens para reduzir riscos como incêndios florestais (fonte de emissões);
  • aumentar a retenção de carbono em solos, vegetação e infraestruturas agroecológicas;
  • reduzir emissões de todos os gases de efeito estufa gerados na agricultura e pecuária;
  • reduzir uso de inseticidas sintéticos e fertilizantes químicos e de fatores de produção externos.

Fonte: “Agricultura del carbono: Qué es y cómo se debe poner en práctica

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PortugueseSpanishEnglish

Menu Principal