Em Espanha, empresa de Extremadura ambiciona tornar-se a referência nacional na produção de vermicomposto.

Uma fábrica  de fertilizantes orgânicos da Extremadura, apresentou em maio um grande  projeto  de vermicomposto, de produção de húmus de minhoca. O investimento estimado, em duas fases, é de um milhão de euros e as instalações estão localizadas em um terreno de dez hectares no município de Trujillo. A Abextre ambiciona tornar-se referência nacional na produção de vermicomposto. Um projeto cem por cento de economia circular!

A abordagem é simples: a minhoca alimenta-se  do estrume das explorações de gado e as suas fezes tornam-se um apreciado fertilizante orgânico. Obtêm-se assim um composto natural conhecido como húmus de minhoca.

O vermicomposto pode ser apresentado de diversas formas, inclusive líquido, e embalado em sacos ou a granel. As suas propriedades e benefícios são inúmeros, como a riqueza bacteriana, a contribuição de macro e micronutrientes à planta ou ação antibiótica…

Leia aqui o artigo completo em El Periódico de Extremadura

Imagem da fonte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

PortugueseSpanishEnglish

Menu Principal