A região da Occitânia eleita a melhor região biológica da Europa

No passado dia 23 de setembro, por ocasião do Dia Europeu da Agricultura Biológica, a Região da Occitânia, foi galardoada com o prémio europeu de “melhor região biológica”. O prémio anual foi atribuído pelo atual Comissário Europeu da Agricultura e Desenvolvimento Rural, o polaco Janusz Wojciechowski. Este troféu recompensa uma Região da União Europeia pelas suas ações implementadas para o desenvolvimento da agricultura biológica.

A Presidente da Região da Occitânia/ Pirenéus-mediterrâneo Carole Delga congratula-se com esta distinção e anuncia a adoção, em março próximo, do novo plano Bi’O.  A “Occitânia reconhecida como a melhor região da Europa para a agricultura biológica, que orgulho! Este prémio homenageia o trabalho realizado para implementar um modelo agrícola mais sustentável. E o resultado está aí: 1 em cada 4 explorações agrícolas biológicas francesas está localizada na Occitânia.  Estou convencida que o biológico é bom para a saúde dos consumidores, mais rentável para os agricultores e mais respeitoso com o planeta, pois em 2016, investimos um total de 42 milhões de euros, triplicando o nosso orçamento dedicado à agricultura. Este troféu, compartilho com todos os agricultores, convencionais e biológicos, que por muitos anos, confiam na qualidade e demonstram sua capacidade de inovar para tornar suas operações mais sustentáveis. Garantir o acesso de todos a produtos saudáveis ​​e locais é essencial para garantir a sustentabilidade dos setores locais e em particular do setor biológico. A instabilidade económica que vivemos atualmente, fazendo disparar os preços de alguns alimentos, está a ter impacto no consumo de produtos biológicos. Essa queda observada em 2021 tende a se confirmar para o ano de 2022. Atentos a essas questões, e a fim de oferecer escoamento sustentável aos produtores locais, a região da Occitânia continua os seus esforços para aumentar a participação de produtos locais e biológicos nas cantinas do ensino médio”disse Carole Delga em particular. Para conciliar o desenvolvimento económico e o respeito pelo meio ambiente, a Região criou esquemas de ajuda para apoiar os agricultores a fazerem a sua transição nas diferentes etapas.: plano Bi’O, criação de uma empresa imobiliária para garantir a renovação geracional, apoio sob medida através do lançamento de contratos de agricultura sustentável…

A agricultura biológica na Occitânia em números:

– Um envelope de 1,6 milhões de euros dedicados anualmente a apoiar projetos no setor biológico, no âmbito do plano Bi’O 2018-2022, em ligação particular com a Interbio Occitanie, a inter-filial regional de agricultura biológica para apoiar o setor biológico.

– Em 2021, 15 milhões de euros de ajudas atribuídas ao apoio a explorações biológicas e empresas com atividade biológica;

13.265 explorações agrícolas cultivam em modo de produção biológico, identificadas em 2021, representando 22% das explorações agrícolas na França;

1 ª região francesa para a viticultura biológica (57.000 ha certificados ou em conversão representando mais de um terço da produção de vinho biológico)

Fontes:

Comunicado de Imprensa da Região de Occitânia

Vídeo: Comissão Europeia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PortugueseSpanishEnglish

Menu Principal