Forum Bio Açores 2022 com balanço muito positivo

No seguimento do Açores Bio21, que contou com 36 eventos distribuídos pelas nove ilhas dos Açores em 2021, e que abrangeu mais de mil intervenientes presencialmente e online, as entidades parceiras Governo dos Açores, através da Secretaria Regional da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, Trybio – Associação de Produtores e Consumidores de Agricultura Biológica, BioAzórica – Cooperativa de Produtos Biológicos e Federação Agrícola dos Açores, decidiram organizar uma nova edição no corrente ano, o 2.º Fórum da Agropecuária Biológica – Açores Bio22. Com início na ilha do Faial, a 20 de maio, o fórum terminou a 21 de novembro na ilha de São Jorge, incluindo no seu programa 63 ações, 55 formadores e envolvendo mais de dois mil participantes.

Estas iniciativas abarcaram vários setores da agricultura biológica, com destaque para apicultura, pecuária e produção de pastagens, fruticultura, horticultura e vitivinicultura em diferentes formatos: ‘workshops’, seminários, reuniões de trabalho, roteiros, intercâmbios, visitas orientadas às explorações agrícolas, tertúlias com produtores, bem como diversos momentos de convívio e degustação de produtos bio e locais de todas as ilhas dos Açores.

O Fórum Açores Bio 22 percorreu as ilhas dos Açores estabelecendo parcerias com inúmeras entidades locais de cada ilha, publicas e privadas, com e sem fins lucrativos, de forma autónoma ou inserido em eventos já tradicionais do setor agrícola, como a Feira Agrícola dos Açores, a BioFeira ou o Dia do Agricultor e, pela primeira vez no arquipélago, integrando as comemorações do dia Europeu da Agricultura Biológica, com ações simultâneas em todas as ilhas no dia 27 de setembro.

As ações desenvolvidas tiveram como objetivo promover uma discussão alargada sobre agricultura e pecuária biológicas juntando produtores, técnicos, investigadores e consumidores, associações e cooperativas, indústria, distribuição, comércio e serviços públicos e privados. Foram também desenvolvidas diversas atividades destinadas ao público infantil e escolas da Região, desde o pré-escolar ao ensino profissional e universitário.

“Pretendeu-se criar uma rede regional de cooperação, conhecimento e capacitação, divulgar a investigação e fomentar a inovação quer na agricultura biológica quer na transformação e valorização dos respetivos produtos, para além de sensibilizar, informar, formar e capacitar para o modo de produção biológico, apresentar e promover os produtores e produtos biológicos dos Açores, incentivar a autonomia alimentar dos Açores, a economia circular, a bioeconomia, os circuitos curtos de comercialização, promover a qualidade do ambiente, de vida, a saúde, a prevenção e o combate à doença e o equilíbrio social”, sublinhou o Secretário Regional com a tutela da Agricultura, António Ventura.

O governante faz um balanço “extremamente positivo” do Fórum, acrescentando que este contribuiu também para “mitigar grandes desafios globais como as alterações climáticas e as crises sanitárias”.

Fonte: Forum Açores Bio
Publicação anterior: Produzir pão biológico e não biológico, é possível? – BioPlatform

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

PortugueseSpanishEnglish

Menu Principal