Rotulagem ambiental: pode ser enganosa para os consumidores e injusta para os produtores biológicos

A IFOAM Organic Europe reconhece que “os sistemas de informação devem acelerar a transição ecológica das empresas, melhorar a oferta em benefício do consumidor e incentivar a proteção do ambiente” No entanto, consideram que utilização da rotulagem ambiental de produtos alimentares é enganosa para os consumidores, além de ser considerada injusta para os produtores biológicos.

O uso do diminutivo “ECO” nos rótulos

A IFOAM Organics Europe e outros movimentos biológicos começa por referir que o uso  diminutivo “Eco” é susceptível de causar confusão aos consumidores (entre os produtos provenientes da produção convencional e os provenientes da produção biológica), quando usado em rótulos de produtos certificados não biológicos. Estes “termos” só são permitidos em produtos alimentícios biológicos por regulamentos da UE e não devem ser usados para outros fins (independentemente das diferentes designações existentes nos diferentes países).

Metodologias de classificação de produtos ecológicas questionáveis

Algumas metodologias de classificação de produtos ecológicos tais como a Avaliação do Ciclo de Vida (LCA) e Pegada Ambiental do Produto (PEF ) são questionadas. Ao contrário do modo de produção biológico,  não são consideradas todas as dimensões objectivas que são essenciais para o desenvolvimento de uma exibição ambiental fiável de produtos alimentares. As entidades que utilizam estas metodologias acabam muitas vezes por favorecer a produção intensiva e convencional e afastam-se da  transição europeia de sistemas produtivos com processos que respeitem o ambiente e a biodiversidade. Por outro lado,  algumas não fornecem aos consumidores informações sobre os impactes ambientais dos produtos alimentares.

Ações tomadas

Para evitar rótulos injustos e enganadores, a IFOAM Organics Europe e a Associação Francesa de Membros da IFOAM interpôs uma ação judicial no Tribunal de Justiça de Paris. Os movimentos biológicos pedem o fim da utilização da rotulagem ambiental de produtos alimentares que é considerada injusta para a produção biológica e enganosa para os consumidores.

Leia mais em Fonte: EU organic movement takes legal action to defend reliable environmental labelling of food products (organicseurope.bio)
Publicação anterior: Agricultura biológica na UE: uma década de crescimento – BioPlatform

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

PortugueseSpanishEnglish

Menu Principal